Encontros de escrita | Lançamento do livro “Meu estado d’alma” de Manuel Teixeira (Leuna)

collage3

Olá a todos, e sejam bem-vindos a mais um “Encontros de escrita”!

Hoje venho falar-vos de um evento ao qual tive o privilégio de assistir no passado sábado, dia 28 – o Lançamento do 1º livro de poesia de Manuel Teixeira (Leuna) – “Meu estado d’alma”. O evento deu-se no Auditório da Igreja de São Cristóvão de Mafamude, em Vila Nova de Gaia, terra do autor, e contou com a presença de vários poetas – Carlos Lacerda, Armindo Loureiro, José Carlos Moutinho, José Sá, Luana Lua, Gila Moreira, Maria Helena/Rosa Amarela – mas também de familiares e amigos, tornando-se num dos momentos mais marcantes da sua vida.

Mas antes de mais, deixem-me falar-vos um pouco sobre como eu conheci o Sr. Manuel e a sua obra. Ambos estamos a frequentar uma formação de Empreendedorismo e, apesar da nossa diferença de idades, une-nos o prazer pela escrita, em particular da poesia. Desde logo o Sr. Manuel, de 58 anos e transparentes olhos azúis, abriu o seu coração e nos falou dos momentos difíceis que atravessou e que o levaram a escrever, culminando na apresentação desta obra ao público.

De facto, “Meu estado d’alma”, e a sua adenda, “O Teu Sorriso”, nascem nos dias de sofrimento atravessados ao lado da sua falecida esposa, Rosa, vítima de cancro. Esta primeira obra, lançada no 2º aniversário da sua morte, vem, assim, homenagear a mulher, esposa, amante, mãe do seu filho e avó da sua netinha, como forma de sublimar os sentimentos que perduram e que o autor jamais esquecerá ao longo das novas etapas de vida a que se entrega. Os seus poemas são o fruto das tentativas de lidar com o sofrimento, destilando para o papel todas as emoções que viveu e o transformaram. Desde então, o gosto pela poesia foi crescendo e Leuna não conseguiu parar. Rodeou-se de amigos, frequentou assiduamente tertúlias e reuniu as condições para concretizar este sonho.

Assim, no passado sábado, o sonho tornou-se realidade, numa “noite de emoções” para todos os presentes. O evento foi apresentado por Carlos Lacerda, autor do prefácio, o qual nos começou por chamar a atenção para um vídeo de homenagem a Rosa, montado pelo seu filho, Bruno Teixeira. Este foi um dos momentos mais fortes da noite, não deixando ninguém indiferente… Bruno, que estava presente e responsável pelas fotografias ao evento, reconheceu mesmo que foi “difícil” editar aquela montagem. No entanto, amou fazê-lo, como amava e ama a sua mãe. Também contamos com a intervenção singela e muito interessante do Pe. António Augusto Azevedo, o qual acompanhou este casal ao longo dos 39 anos em que estiveram juntos, também como catequistas. Realçou a importância de os poetas saberem escutar: escutar a realidade, escutar os outros e, principalmente, escutarem a sua alma. De certa forma, é esse o desafio da poesia, completou, mais tarde, Carlos Lacerda, pois, para conseguir a rima, é necessário ir bem mais fundo na nossa alma, e trazer de lá os nossos verdadeiros sentimentos.

collage1

Deste modo, o evento tornou-se uma verdadeira tertúlia poeta, com direito a momentos musicais na voz de Marta Carvalho e Irene Silva. Numa primeira parte, exploraram-se poemas da Adenda “O Teu Sorriso”, ditos pela voz dos poetas presentes, já referidos. Numa segunda parte, Carlos Lacerda falou-nos da sua opinião do livro, incentivando-nos à leitura do mesmo, por nele encontrarmos um “poeta simples” e “por vezes mal compreendido”, mas que nos presenteia com textos de uma beleza quase confrangedora, porque traduzem a sua forma de viver, sentir e amar… O anfitrião foi introduzindo as temáticas dos poemas que foram lidos com grande sabedoria e classe, prendendo a atenção do espectador. E apesar dos percalços (naturais) que foram acontecendo, tornou-se num evento muito bem sucedido, rematado com as palavras singelas de agradecimento do autor.

Em jeito de conclusão, devo reforçar o quanto me sinto uma privilegiada por ter feito parte deste evento, e é com o maior gosto que faço esta publicação sobre o mesmo. O Sr. Manuel não deixa ninguém indiferente e é já alguém que muito admiro pela forma como se deixa levar e transformar pela vida, nunca perdendo a esperança de que ela vale a pena ser vivida, por muita dor que nos possa trazer. Aliás, nas muitas conversas que já tive com ele, e nas manifestações emotivas que presenciei no lançamento, não posso deixar de admirar a capacidade de sentir que este ser humano desenvolveu. Até porque sei que, neste momento, ele começa a “Virar a página”, e a estar cada vez mais disponível para o que o futuro lhe reserva… o que não é incompatível com a eterna lembrança do passado, que se reconstrói, assim, numa nova lembrança de alegria! Louvo-lhe a coragem e a capacidade empreendedora para editar o seu livro. E espero que esta nova caminhada seja repleta de novos livros e toda a felicidade que tanto merece!

Uma nova caminhada

Deus, de algum modo assim o quis
E eu respeito sua vontade...
Orgulho-me do passado e tudo o que fiz
Porque o fiz por amor... e por minha dignidade.

Naturalmente o meu destino percorri
E continuarei ainda a percorrer...
Sei que muitas etapas nesta vida, venci
Mas não sei no futuro, o que irá acontecer.

Mas como sempre, deixo nas mãos de Deus...
Vou procurar minha nova vida enfrentar,
Com humildade e a ajuda dos céus
Pois só assim estou bem... e consigo me encontrar.

Toda a vida aprendi, que só a amizade e o amor,
São os sentimentos que devemos cultivar...
Com os quais vivo, com emoção e fervor
Nesta nova caminhada, assim quero continuar.

Manuel Teixeira (Leuna)

collage2

E por hoje é tudo!

Espero que tenham ficado curiosos com esta obra, que se encontra à venda junto do autor, o qual podem contar por facebook ou por email.

Até à próxima! 😀

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s